Round2_SOL

Brasil. Depois da derrota, Haddad pede coragem

No primeiro discurso depois da derrota, Haddad inicia um movimento de oposição.


Fernando Haddad, derrotado na segunda volta das eleições presidenciais do Brasil, fez o primeiro discurso depois da divulgação dos resultados. Agradeceu aos antepassados e aos que estiveram ao seu lado na campanha e nas eleições e pediu respeito a todos aqueles que votaram. 

"Não tenham medo, nós estaremos aqui", disse Haddad, acrescentando que a mensagem vai continuar a ser passada a todos os brasileiros. "Em nome da democracia", o candidato do PT assumiu que "temos a responsabilidade de fazer uma oposição colocando os interesses nacionais acima de tudo. Não vamos deixar este país para trás. Não vamos deixar de colocar o nosso ponto de vista sobre tudo o que está em jogo no Brasil neste momento".

"Daqui a quatro anos teremos novas eleições, temos de garantir as instituições, não vamos sair das nossas profissões, nem deixar de exercer a cidadania. Talvez este país nunca tenha precisado tanto da cidadania como agora", disse Haddad. Garantiu ainda que os brasileiros podem contar com o PT para fazer oposição e continuar a lutar pela democracia. No fim, pediu coragem aos brasileiros.

Os comentários estão desactivados.