Sociedade

Mulher de 86 anos torturada e morta pelo próprio filho em Palmela

Suspeito matou a mãe depois de a submeter durante horas a maus-tratos físicos.

Um homem espancou brutalmente a sua mãe que acabou por não resistir aos maus-tratos físicos em Palmela.

De acordo com o Ministério Público (MP), o homem que matou a mãe a 22 de abril deste ano, tê-lo-á feito com a justificação de a livrar de uma entidade ligada ao Diabo.

O arguido descreve a situação como sendo uma espécie de exorcismo, mas o MP explica que Luís Xavier – filho da mulher – passou várias horas a torturar a mãe, que acabou por morrer devido aos maus-tratos físicos.

O MP esclarece que as agressões envolveram vários pontapés na cara e na cabeça e que os maus-tratos ocorreram horas depois de a vítima ter completado os 86 anos.

A investigação concluiu que o arguido utilizou uma caneta para perfurar os olhos e o pescoço da mãe, tendo o homicida realizado o crime de forma consciente e sabendo que estava a causar sofrimento físico à mãe, escreve o Correio da Manhã.