Internacional

França investiga caso dos bebés que nasceram sem membros superiores

O diretor-geral da agência de saúde pública francesa, François Bourdillon, anunciou esta quarta-feira que está a decorrer uma investigação acerca dos casos dos bebés que nasceram sem os membros superiores: mãos, braços e antebraços.

DR  

O responsável disse que os resultados desta investigação são esperados dentro de cerca de três meses.

Recorde-se que ontem, terça-feira, a agência de saúde pública francesa anunciou que foram detetados 11 novos casos de bebés que nasceram sem membros superiores entre 2011 e 2014, uma situação que está a preocupar os especialistas.

De acordo com a entidade francesa, entre 2000 e 2008 foram identificados, no departamento de Ain, sete casos suspeitos de bebés que não tinham um braço, antebraço, mão ou alguns dedos.

Já entre 2009 e 2014, houve mais quatro casos confirmados.

No dia 4 deste mês, a agência de saúde pública francesa referiu que nenhum fator ambiental se revelou como causa provável destas anomalias.