Vida

Ossadas humanas encontradas em Embaixada do Vaticano em Roma

Análise forense afirma que ossos podem pertencer a Emanuela Orlandi, uma filha de um funcionário que desapareceu em 1983

A descoberta de ossadas humanas foi feita durante uma remodelação a um anexo do complexo de embaixadas do Vaticano em Roma. Os ossos estão a ser investigados pela polícia italiana

Esta quarta-feira, a Santa Sé informou que os restos mortais podem pertencer a Emanuela Orlandi.

Filha de um funcionário da embaixada, Emanuela Orlandi desaparece em 1983, aos 15 anos. O seu desaparecimento é um dos maiores mistérios das últimas décadas em Itália.