Internacional

Inundação causa nove mortos em Itália

O caudal do rio Milicia subiu e inundou por completo uma casa perto de Palermo. Apenas três pessoas sobreviveram

A subida dos níveis da água de um rio na ilha de Sicília provocou a morte a nove pessoas, de duas famílias, depois da casa onde estavam ter ficado submersa, perto de Palermo. Entre os morto estão três crianças – de um, três e 15 anos,

As duas famílias estavam a passar a noite em Casteldaccia, no distrito de Palermo, quando o caudal do rio Milicia subiu e inundou a casa onde estavam. Apenas sobreviveram três pessoas: um adulto e uma criança que tinham saído da casa pouco tempo das águas subirem, e um adulto que conseguiu trepar uma árvore.

As autoridades estão a investigar se o edifício estaria construído numa zona com risco de inundação. “Suspeitamos que a vila tinha sido construída demasiado perto do rio Milicia”, disse Ambrogio Cartosio, procurador de Termini Imerese, citado pelo The Guardian. “Mas é demasiado cedo para falar de potenciais culpas”, acrescenta.

Sobe assim para 20 o número de mortos causados pela tempestade e mau tempo que tem assolado Itália. De acordo com a Proteção Civil, esta vaga de mau tempo é "uma das situações meteorológicas mais complexas dos últimos 60 anos". Também Veneza atingiu um nível histórico das águas, chegando a subir 156 centímetros em relação ao caudal normal.