Sociedade

Manifestação do PNR contra retirada do convite a Le Pen marcada para o último dia da Web Summit

O partido acusa a organização de ter tomado uma "atitude totalitária", que “atenta contra a liberdade de expressão”

O Partido Nacional Renovador (PNR) anunciou, esta segunda-feira, um "protesto contra a censura" agendado para o último dia da Web Summit, quinta-feira. A manifestação veio na sequência da retirada do convite a Marine Le Pen do painel de oradores do evento.

Segundo o comunicado do PNR, "o 'desconvite' feito a Marine Le Pen é uma vergonha que atenta contra a liberdade de expressão”. O partido considera ter-se tratado de uma "atitude totalitária".

Por isso, o partido convocou um "protesto-boicote contra a censura dos que se consideram moralmente superiores" para o último dia da Web Summit, que decorre no Parque das Nações.

Já são três manifestações marcadas para a porta do evento. O PNR junta-se assim aos professores e polícias.