Tecnologia

Fundador da World Wide Web deixa apelo no arranque da Web Summit

No arranque da Web Summit, Tim Berners-Lee quis deixar um apelo aos participantes

O fundador da World Wide Web, Tim Berners-Lee, deixou esta segunda-feira, no arranque da Web Summit, um apelo aos milhares de participantes: que peçam às empresas onde trabalham para assinarem o 'contrato da Internet'.

Trata-se, como explicou durante a sua intervenção, de um "contrato com os princípios" pensados para criar uma Internet melhor, a pensar nos que já a usam e nos que a irão usar.

Em causa estão problemas como "a falta de privacidade, a manipulação [de informação] e a criação de identidades falsas" e a obrigatoriedade de implementar boas práticas "como a diversidade", explicou.

Ao Financial Times, Tim Berners-Lee revelou em primeira mão, momentos antes de começar a sua intervenção, que o Facebook e a Google assinaram este contrato.