Tecnologia

Mexia: “As grandes companhias já não conseguem descobrir o futuro sozinhas”

CEO da EDP diz que é preciso encontrar parceiros de negócio para ajudarem a enfrentar os desafios 

“Há dez anos que reconhecemos na EDP que as grandes companhias já não conseguem descobrir o futuro sozinhas. Desde então que nos posicionamos como uma empresa que defende o espírito de partilha e pratica a inovação aberta, com parceiros de negócio que nos ajudam a enfrentar os desafios num setor em plena revolução. A Web Summit é o momento ideal para, em apenas três dias, conhecermos dezenas de startups com quem podemos vir a trabalhar e investir.” A garantia é dada por António Mexia, CEO do grupo EDP. 

O responsável vai mais longe. A elétrica portuguesa garante que tem “muito dinheiro” para investir em projetos de empreendedorismo desde que “as ideias sejam boas”. E se a empresa já apostava na área da inovação, com esta megacimeira tecnológica é possível reforçar esse investimento de forma mais alargada e, ao mesmo tempo, com maior visibilidade. 

Um desses exemplos é o projeto Energy Box, criado para possibilitar “decisões mais rápidas de maneira a reduzir os consumos e os custos”. E não ficam por aqui. Outra aposta diz respeito aos contadores inteligentes, um projeto levado a cabo pela EDP Distribuição. 

De acordo com a empresa, o objetivo é simples: “Tornar a energia cada vez mais eficiente, e isto tem a ver com tudo, desde a gestão dos ativos até à casa das pessoas”, acrescentando ainda que também está relacionado “com a ligação da rede e dos centros de gestão, para responder aos problemas de uma forma mais rápida, e isso já teve os seus resultados em todos os momentos, nomeadamente quando houve estas últimas tempestades”, visto que tornou mais fácil “a identificação e a recuperação dos problemas.”