Vida

Cirurgião retira rim a mulher a pensar que é um tumor

Durante uma cirurgia à coluna o médico confundiu um rim saudável com um tumor por desconhecer que a paciente tinha um rim pélvico

Maureen Pacheco foi ao hospital, em abril de 2016, na Florida, a queixar-se de dores na coluna e saiu de lá sem um dos rins. O rim que foi retirado à paciente estava em perfeitas condições e a funcionar perfeitamente. O médico, Dr Ramon Vazquez, confundiu o órgão com um tumor.

O médico decidiu remover o que ele pensava ser um tumor cancerígeno, depois de ter descoberto que o rim não estava localizado no sítio onde normalmente estão os órgãos do sistema urinário.

A mulher, que na altura não teve qualquer voto na decisão, vai avançar com um processo judicial contra o médico uma vez que a operação que estava prevista era à coluna. “Se ele tivesse olhado para os TAC que lhe foram entregues, tinha percebido”, afirma a queixosa, citada pela Sky News, garantindo que a condição já era conhecida.

Dr. Ramon Vazquez garante que não foi informado pelo centro médico de Wellington tinha um rim pélvico e que tinha um registo cirúrgico limpo antes deste incidente.

Depois da cirurgia, Maureen Pacheco vive constantemente com medo que o erro do médico possa gerar complicações de saúde ou obriga-la a fazer diálise.