Vida

Campanha de Trump foi “perigosa” e “deliberadamente destinada a acirrar maluquinhos”, diz Michelle Obama

Michelle Obama vai lançar um livro e, uma das temáticas em destaque, é a forma como Donald Trump, Presidente dos Estados Unidos, realizou a sua campanha para as eleições nos Estados Unidos. Mas há muito mais...

A ex-primeira-dama dos Estados Unidos, Michelle Obama, vai lançar o livro - “Becoming: a minha história” - já na próxima terça-feira, no United Center de Chicago, durante um evento que será moderado por Oprah Winfrey. No livro, a mulher de Barack Obama faz várias revelações.

Em “Becoming: a minha história”, Michelle Obama conta vários episódios da sua infância passada em Chicago, onde fala sobre a família e onde aproveita para fazer uma reflexão sobre o racismo e as dificuldades que sentiu quando casou com Obama, escreve a Associated Press.

No entanto, uma das temáticas em destaque no livro da antiga primeira-dama é a eleição de Donald Trump e a forma como este realizou a sua campanha para se candidatar à presidência dos Estados Unidos. Michelle Obama refere no seu livro que esta foi uma campanha “intolerante” e “perigosa”, e que foi “deliberadamente destinada a acirrar maluquinhos”. Além disso, relembrou todos os ataques à cidadania de Barack Obama, ex-presidente dos EUA.

Mas há mais. A mulher de Obama escreve ainda sobre a forma como se sentiu quando viu que várias mulheres preferiram votar em Donald Trump, um “misógino”, em vez de votarem em Hillary Clinton, após ter sido divulgado o vídeo em que Donald Trump revelava como lidava com as mulheres.