Desporto

Liga das Nações. Itália ainda acredita no apuramento

Roberto Mancini, selecionador da squadra azzurra, aponta a mira a Portugal para o jogo de sábado e espera por uma ajuda da Polónia

O cenário não é o mais favorável para Itália, mas nem por isso a azzurra deixa de acreditar no apuramento. Pelo menos foi essa a convicção demonstrada esta segunda-feira pelo selecionador Roberto Mancini, no primeiro encontro com os jornalistas antes da partida frente a Portugal no sábado, para a Liga das Nações.

"Queremos dar sequência às boas indicações dadas frente à Polónia, este é o caminho. Fizemos um bom jogo, mas podemos melhorar muitas coisas, em particular marcar cedo e depois não sofrer. Primeiro lugar da Liga das Nações? Vamos jogar para vencer Portugal e esperamos que a Polónia depois empate ou vença o jogo contra eles. É claro que queremos vencer e sermos pró-ativos", garantiu o técnico de 53 anos.

Questionado sobre Balotelli, e um possível veto ao polémico avançado, Mancini rejeitou a situação. "Vamos ser claros: aqui ninguém está descartado. Temos tempo até ao Campeonato da Europa, há muitos jogadores que fazem parte deste grupo e se jogarem bem, serão chamados", salientou, saindo também em defesa de José Mourinho, ainda devido ao polémico gesto do treinador português em Turim, após a vitória do Manchester United sobre a Juventus: "Infelizmente nós [italianos] temos esta maneira má de nos comportarmos e não é uma coisa boa porque acontece quase sempre aqui, lá fora é difícil de acontecer. Acho que ele não fez nada de especial, depois de tanta pressão ele podia ter feito aquele gesto. No geral, a questão dos insultos tem de ser melhorada."

Roberto Mancini abordou ainda a Liga dos Campeões e a possibilidade de a vecchia signora poder vir a conquistar a competição, reservando elogios para Cristiano Ronaldo e Massimiliano Allegri, que orienta o internacional português na Juve. "Claro que a Juventus pode ganhar a Liga dos Campeões, faz parte dos grandes candidatos, mas será essencial ver como é que eles estarão em fevereiro e março. Cristiano Ronaldo? Tem tudo para ganhar a sexta Bola de Ouro, assim como o Allegri [para ganhar o prémio de melhor treinador]. Em quem é que votei? Allegri."