Desporto

Morte de jovem leva Tailândia a querer proibir arte marcial a menores de 12 anos

O jovem praticava boxe tailandês desde os oito anos


Depois da morte de um jovem de 13 anos, no sábado, a Tailândia quer agora proibir a prática do boxe tailândes – muay thai – a menores de 12 anos e obrigar o uso de proteções até aos 15 anos.

"O ministério vai acelerar o processo para ser apresentado ao Governo o mais rápido possível", disse Weerasak Kowsurat, ministro do Desporto tailandês, citado pelo jornal Bangkok Post.

Atualmente, na Tailândia não existe idade mínima para aquela que é a arte marcial mais popular do país, mas é recomendado o uso de proteções para menores de 15 anos durante o combate.

De acordo com a imprensa local, Anucha Thasako, de 13 anos, morreu de uma hemorragia cerebral durante uma luta no sábado, depois de ser atingido por um soco na terceira ronda.

O jovem praticava boxe tailandês desde os oito anos.

Os comentários estão desactivados.