Internacional

China atravessa surto de peste suína "muito grave"

Surto alastrou-se a 17 províncias do país asiático

A China atravessa uma situação “muito grave” com surtos de peste suína. De acordo com o governo chinês, esta quinta-feira, centenas de milhares de porcos infetados foram abatidos.

"A situação da prevenção e controlo da peste suína africana é muito grave. O surto alastrou-se a 17 províncias e atingiu vastas áreas de criação de porcos, no interior do Sul da China", refere o comunicado do ministério chinês da Agricultura e Assuntos Rurais.

De acordo com o governo, a causa para o alastramento da doença está no transporte de animais entre províncias. Assim, é feito um apelo às autoridades locais para que haja um reforço na supervisão.

Segundo um relatório da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura para a Ásia e o Pacífico, citado pelo ‘Asia Times’, existem grandes “ameaças” devido ao surto e não só para a indústria chinesa.

“Há uma grande ameaça para a indústria suína na China e para a subsistência dos pequenos agricultores”, refere o estudo, acrescentando que a carne suína é produzida e consumida por muitos países asiáticos, sobretudo no Este e Sudeste da Ásia, acreditando-se por isso que a introdução do vírus noutras regiões é quase uma “certeza”.