Vida

CR7 tem contrato de confidencialidade que dura para lá de 70 anos depois da morte do jogador

Um contrato de confidencialidade apresentado pelo jogador foi divulgado pelo “Football Leaks”

Um suposto contrato de confidencialidade que Cristiano Ronaldo apresenta aos funcionários para assinar foi esta semana divulgado pelo “Der Spiegel”.

No documento divulgado pelo “Football Leaks” há uma clausula que diz que “nada sobre a vida privada de Cristiano Ronaldo pode ser divulgado até 70 anos depois da sua morte ou de algum dos familiares”.

Informações como os nomes das mães biológicas dos três filhos são informações que apenas o jogador pode divulgar, incluindo às próprias crianças, avança a publicação alemã, a mesma publicação que denunciou o acordo entre Cristiano Ronaldo e Kathryn Mayorga.