Economia

IKEA vai cortar 7.500 postos de trabalho em todo o mundo

Diretor da cadeia sueca diz que corte vai servir para melhorar a forma de “trabalhar, dirigir e organizar” a empresa.

Esta quarta-feira, a IKEA anunciou que vai cortar cerca de 7.500 postos de trabalho em todo o mundo ao longo dos próximos anos, neste que é um processo de transformação da empresa sueca.

No entanto, a Ingka Group - sociedade que concentra 90% das vendas da IKEA – vai criar ao mesmo tempo 11.500 novos postos de trabalho. "Vamos introduzir uma nova organização, mais adaptada para satisfazer os nossos clientes. Para a tornar possível, necessitamos de melhorar a nossa forma de trabalhar, dirigir e organizar", lê-se num comunicado emitido pelo diretor da IKEA Suécia.

Embora o corte vá acontecer a nível mundial, o responsável afirma que nem todos os países serão afetados da mesma forma.