Sociedade

PSP de Lisboa resgata cavalo ferido e abandonado em freguesia de Santa Clara

Denúncias de alegados maus tratos e abandono do animal já tinham sido dadas no mês de setembro.

Esta quarta-feira, o Comando Metropolitano de Lisboa informou que procedeu à recolha de um cavalo na freguesia de Santa Clara, em Lisboa, por suspeitas de maus tratos e abandono.

O resgate do animal foi feito no passado dia 16 de novembro, sexta-feira, mas as queixas já haviam sido feitas desde setembro pela equipa do Projeto Defesa Animal.

Nas primeiras diligências feitas pela PSP, foi possível identificar o dono do cavalo, que efetuou prova de sua propriedade. No entanto, o caso foi participado à Autoridade Administrativa para processo contra-ordenacional, por falta de registo, indica a mesma força de autoridade em comunicado.

A pedido da PSP, a médica veterinária municipal notificou o dono do animal, no sentido de o alojar num local com condições para o efeito, mas tal não aconteceu e as denúncias continuaram, até que a PSP decidiu recolher o animal.

De acordo com o Comando Metropolitano de Lisboa, o dono esteve sempre incontactável e, depois de contactadas outras entidades envolvidas no caso, realizou-se uma nova deslocação conjunta, e a PSP procedeu ao resgate do cavalo que foi enviado para uma quinta em Samora Correia.

O animal encontrava-se ferido, aparentemente abandonado na via pública e sem quaisquer registos.