LifeStyle

Restaurantes de Sintra, Bragança e Guimarães recebem primeira estrela Michelin

Restaurante Alma, de Henrique Sá Pessoa, arrecadou a segunda estrela

DR  

Duas cidades do Norte estreiam-se no mapa de distinções do Guia Vermelho: o restaurante G, de Bragança, e A Cozinha por António Loureiro, de Guimarães. Estes estabelecimentos receberam, pela primeira vez, uma estrela Michelin cada um. O Midori, restaurante do Hotel Penha Longa, em Sintra, também recebeu a sua primeira estrela.

A notícia foi conhecida esta quarta-feira, durante a Gala Ibérica Michelin, que decorreu pela primeira vez em Portugal, no Pavilhão Carlos Lopes, mesmo no centro da capita portuguesa.

Restaurantes 

O Restaurante G, em Bragança, tem uma cozinha marcada por produtos regionais de alta qualidade e situa-se na Pousada de São Bartolomeu. Foi criado pelas mãos de dois irmãos: Óscar e António Gonçalves. O nome do restaurante é uma questão de família, que tanto pode ser do apelido Gonçalves, como de Geadas, escreve o jornal Público. 

Já o restaurante A Cozinha, de António Loureiro, situa-se no Largo do Serralho. Nele podem encontrar-se dois menus de degustação: o tradicional - que custa 47,50 euros - e o nouvelle cuisine - de 67,50 euros, que é inspirado na técnica francesa. O chef é natural de Guimarães e regressou a Portugal há cerca de dois anos, depois de ter estado a trabalhar fora durante 20 anos. Em 2014, recebeu o prémio de Chefe Cozinheiro do Ano.

O Midori, de Pedro Almeida, localizado no luxuoso Hotel Penha Longa, em Sintra, também foi premiado pela primeira vez com uma estrela Michelin, e é inspirado em comida Oriental.

Portugal tem assim 20 restaurantes com uma estrela Michellin e seis estabelecimentos com duas, uma vez que o restaunte do chef Henrique Sá Pessoa - Alma - recebeu a sua segunda estrela hoje. 

Lista de restaurantes premiados 

1 estrela

Midori (Sintra, chef Pedro Almeida) - Novo
G Pousada (Bragança, chefs Óscar Gonçalves) - Novo
A Cozinha (Guimarães, chef António Loureiro) - Novo
Antiqvvm (Porto, chef Vítor Matos)
Bon Bon (Carvoeiro, chef Louis Anjos)
Casa de Chá da Boa Nova (Leça da Palmeira, chef Rui Paula)
Eleven (Lisboa, chef Joachim Koerper)
Feitoria (Lisboa, chef João Rodrigues)
Fortaleza do Guincho (Cascais)
Henrique Leis (Almancil, chef Henrique Leis)
LAB by Sergi Arola (Sintra, chefs Sergi Arola)
L’AND (Montemor-o-Novo, chef Miguel Laffan)
Largo do Paço (Amarante, chef Tiago Bonito)
Loco (Lisboa, chef Alexandre Silva)
Pedro Lemos (Porto, chef Pedro Lemos)
São Gabriel (Almancil, chef Leonel Pereira)
William (Funchal, chefs Luís Pestana e Joachim Koerper)
Willie’s (Vilamoura, chef Willie Wurger)

2 estrelas

Alma (Lisboa, chef Henrique Sá Pessoa) - Novo
Belcanto (Lisboa, chef José Avillez)
Il Gallo d’Oro (Funchal, chef Benoît Sinthon)
Ocean (Alporchinhos, chef Hans Neuner)
The Yeatman (Vila Nova de Gaia, chef Ricardo Costa)
Vila Joya (Albufeira, chef Dieter Koschina)