Economia

PSP retira estivadores em protesto para deixar passar autocarro

O protesto dos trabalhadores eventuais do Porto de Setúbal decorre desde 5 de novembro. Esta quinta-feira o governo garantiu à Autoeuropa que os automóveis serão carregados para o navio.

A Unidade Especial da Polícia da PSP que está no Porto de Setúbal a controlar o protesto dos trabalhadores eventuais, começou a afastar os estivadores que bloqueavam a passagem do autocarro com trabalhadores contratados para os substituir.

Um a um, os manifestantes foram retirados pelos elementos da polícia – primeiro os que protestavam em pé, tentando fazer um cordão humano.

Os manifestantes estavam concentrados desde as 6h00 à porta do porto de Setúbal e às 8h50 a PSP acabou por intervir. Em causa está o carregamento de automóveis da Autoeuropa marcado para esta quinta-feira. Um conjunto de trabalhadores foi contratado para garantir o carregamento do navio, mesmo com a greve dos trabalhadores eventuais a decorrer dês dia 5 de novembro.

O presidente do sindicato dos Estivadores e Atividades Logísiticas considera que este é um “dia vergonhoso para a democracia portuguesa”, um dia em que o “governo se põe ao lado de criminosos”.

Segundo a Autoeuropa, houve garantias de que o carregamento dos automóveis acontecia esta quinta-feira.