Internacional

Brexit. Reino Unido sai mas haverá "parceria ambiciosa" com a União Europeia

O presidente do Conselho Europeu fala em cooperação comercial  "profunda e flexível" depois da saída do Reino Unido da UE

O presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, disse esta quinta-feira que a União Europeia e o Reino Unido têm um plano para que, depois do Brexit, exista uma estreita parceria. “Acabo de enviar aos 27 estados-membros um projecto de declaração política sobre a futura relação entre a UE e o Reino Unido”, diz Tusk explicando que “a declaração estabelece os parâmetros para uma parceria ambiciosa, ampla, profunda e flexível ao nível d a cooperação comercial e económica”.

De acordo com a Reuters, que teve acesso ao documento, a relação pós-Brexit vai respeitar “a integridade do Mercado Único da UE e da União Aduaneira, bem como o mercado interno do Reino Unido, e reconhece o desenvolvimento de uma política comercial independente para Reino Unido independente desta parceria económica”.

Os líderes dos 27 estados que compõem a União Europeia devem reunir na próxima semana para aprovarem o documento negociado entre Londres e Bruxelas, estando a saída do Reino Unido prevista para o dia 29 de março de 2019.