Politica

“As touradas ofendem descaradamente valores que estão hoje devidamente salvaguardados”

Francisco Assis defende a ministra da Cultura e considera que as touradas só fizeram sentido em épocas arcaicas

O eurodeputado socialista Francisco Assis defende a ministra da Cultura e afirma que Graça Fonseca “teve e tem razão” quando afirmou que a tauromaquia “não é uma questão de gosto, é de civilização”.

“Por muito arreigadas que estejam no imaginário de algumas culturas populares regionais, as touradas ofendem descaradamente valores que estão hoje devidamente salvaguardados e protegidos na ordem jurídica nacional”, escreve, num artigo no jornal Público, o eurodeputado socialista.

Francisco Assis considera que as touradas “terão tido o seu sentido em épocas arcaicas”, mas “nesses tempos era distinto o próprio conceito de Humanidade e muito diversa a forma como se encarava o tema da violência”.

O socialista escreve ainda que “o processo de civilização humana foi progressivamente eliminando comportamentos e práticas impregnados de violência e que eram outrora amplamente disseminados”.

As touradas estão a dividir o PS. O governo não quer descer o IVA das touradas para 6%, tal como está previsto para outros espetáculos culturais, mas o grupo parlamentar já apresentou uma proposta de alteração ao orçamento para que a tauromaquia não seja excluída.