Desporto

Scolari perto do título: "o friozinho na barriga é igual"

O Palmeiras está muito perto de festejar o 10.º título de campeão brasileiro da sua história.

Faltam duas jornadas para o fim do Brasileirão e o Palmeiras segura uma vantagem de cinco pontos em relação ao Flamengo, segundo classificado do campeonato.

Apesar de o Verdão estar muito perto de conquistar o 10.º título de campeão brasileiro da sua história, o técnico Luiz Felipe Scolari, que assumiu o comando da equipa de S.Paulo em julho passado, não quer antecipar a festa. "Ainda estamos à procura do título. Temos cinco pontos de vantagem, mas há muita coisa para disputar ainda. Esse número de cinco pontos em dois jogos é expressivo, podemos tropeçar, errar, e ainda ficar com hipóteses de ganhar, Mas ainda não está ganho", disse depois da goleada por 4-0 ao América MG.

"Continuo igual a quando comecei a carreira e quando jogava: durmo pouco na véspera, acordo muito, há ansiedade, tento conversar e pensar noutras coisas. Mas o friozinho na barriga é igual. Quando isso mudar, é hora de parar", assegurou Felipão, que festejou recentemente o seu 70.º aniversário.

Se no domingo o Palmeiras vencer o Vasco da Gama no Rio de Janeiro garante desde logo o título, independentemente do que acontecer em Belo Horizonte, onde o Flamengo jogará com o Cruzeiro. Se perder, o Verdão pode festejar o título mas só se o Flamengo não conseguir triunfar no reduto do Cruzeiro.

À parte do possível título destaque para as 21 vitórias consecutivas que soma o Palmeiras, que representa um novo recorde na história do Campeonato Brasileiro.