Vida

Atriz acusada de tráfico sexual ganha processo contra perseguidor

Atriz de Smallville diz que homem a espiava através das janelas de sua casa

Allison Mack, a aguardar julgamento por tráfico sexual em prisão domiciliária, conseguiu uma ordem de restrição contra Thomas Sekera, um homem que a atriz acusa de a espiar e perseguir.

A atriz de Smallville, de 36 anos, diz que o assédio começou após o homem, de 53 anos, lhe ter batido à porta, alegando que tinha sido enviado para a ajudar com o processo judicial sobre o tráfico sexual.

Allison Mack acusa Thomas Sekera de a espiar através das janelas do rés-do-chão e de ficar do lado de fora da sua propriedade durante seis meses.

De acordo com o TMZ, o tribunal emitiu uma ordem de restrição temporária e marcou uma audiência com o alegado perseguidor para o próximo mês.

Recorde-se que Allison Mack foi acusada de ser o braço direito de um homem que liderava uma seita sexual que torturava mulheres, denominada NXIVVM.