Vida

"Por favor não me enviem 200 mensagens a atacar"

“Nunca publiquei uma única fotografia a amamentar. E hoje, ao fim de quase 17 meses, faço-o"

Júlia Belard utilizou as redes sociais para partilhar com os seus seguidores um texto especial. No Instagram, a atriz, que foi mãe em junho de 2017, publicou uma fotografia a amamentar o filho.

“Nunca publiquei uma única fotografia a amamentar. E hoje, ao fim de quase 17 meses, faço-o com esta postura: convicta, forte, guerreira, poderosa (e com alguma massa muscular que me permite carregar este texugo de quase 15kg). Porque poder amamentar é um poder, precioso e maravilhoso (nem sempre – também passei pela subida de leite e suas dificuldades) que, na minha opinião, não deve ser menosprezado. Sob muitas críticas, até das pessoas que me são mais chegadas e, contra aquela que era a minha própria convicção antes de ser Mãe, ainda amamento o Matias”, referiu, como resposta às críticas de que tem sido alvo por ainda amamentar o filho.

A atriz deixa claro que “respeita” as decisões de cada mãe e esclarece a sua opção, pedindo que não a ataquem por isso.

“E faço-o porque quero, porque ele quer, porque para nós é importante e funciona. Respeito todas as decisões de diferentes Mães mas incentivo a que se amamente quando se quer e quando se pode (por favor não me enviem 200 mensagens a atacar dizendo que é perfeitamente legítimo não amamentar porque estou DE ACORDO e não estou a fazer julgamentos)”, concluiu.

 

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

YES, I am a @mamii.pt 👉🏻 Nunca publiquei uma única fotografia a amamentar. E hoje, ao fim de quase 17 meses, faço-o com esta postura: convicta, forte, guerreira, poderosa (e com alguma massa muscular que me permite carregar este texugo de quase 15kg). Porque poder amamentar é um poder, precioso e maravilhoso (nem sempre - também passei pela subida de leite e suas dificuldades) que, na minha opinião, não deve ser menosprezado. Sob muitas críticas, até das pessoas que me são mais chegadas e, contra aquela que era a minha própria convicção antes de ser Mãe, ainda amamento o Matias. E faço-o porque quero, porque ele quer, porque para nós é importante e funciona. Respeito todas as decisões de diferentes Mães mas incentivo a que se amamente quando se quer e quando se pode (por favor não me enviem 200 mensagens a atacar dizendo que é perfeitamente legítimo não amamentar porque estou DE ACORDO e não estou a fazer julgamentos). Quero antes dar-vos a conhecer a @mamii.pt, uma marca 100% portuguesa e breastfeeding friendly - bem me lembro do difícil que foi encontrar roupas giras e práticas para amamentar nos primeiros tempos. Aqui está a solução. E este é um projecto de uma super Mãe que muito admiro, a @a_pipelina 🌟#breastfeeding #breastfeedingfriendly #motherhood #togetherwearestronger #yeswecan #noshamehere

A post shared by Júlia Mantero Belard (@jbelard) on