LifeStyle

DECO lança plataforma para comparar preços da Black Friday

Para evitar situações em que as marcas aumentam os preços antes da Black Friday, a DECO lançou uma plataforma que compara os valores praticados nos últimos 30 dias

As promoções da Black Friday podem não ser tão boas como parecem à primeira vista. A DECO alerta para situações em que as empresas fazem uma subida de preços dias antes da Black Friday, com o objetivo de aumentar o valor do desconto.

A DECO “tem acompanhado e monitorizado o comportamento e evolução dos preços praticados, antes e durante as promoções, e tem verificado a existência de oscilações dos preços, com aumentos em vésperas de épocas de promoções ou saldos”, pode ler-se num comunicado enviado ao SOL.

E, para evitar situações em que os consumidores denunciam “falsos descontos" ou "descontos menos interessantes que o anunciado” numa “manipulação de preços dos produtos em promoção” - que a DECO diz ser recorrente nestes dias - a associação disponibilizou uma ferramenta que permite comparar a evolução de preços nos últimos 30 dias.

A comparação é feita através do link para a página do produto na loja online e, para além do gráfico de variação do preço, a DECO faz ainda uma avaliação do negócio caso opte por comprar o produto.

“Ainda em 2015, a DECO denunciou o caso à ASAE e à Direção-Geral do Consumidor, solicitando-lhes mais fiscalização e a respetiva sanção das infrações”, tendo também reforçado “a necessidade da divulgação do preço mínimo praticado nos 30 dias anteriores ao desconto ou promoção anunciado e, nas lojas online, a apresentação gráfica da variação dos preços praticados, ao menos, nos últimos 30 dias” junto do Ministério da Economia.