Sociedade

Pavilhão Rosa Mota vai mudar de nome

Com o consórcio do espaço à Círculo de Cristal, S.A., o pavilhão Rosa Mota vai acrescentar ao seu nome Super Bock Arena

Depois da remodelação, o pavilhão Rosa Mota vai passar a incluir no seu nome uma nova denominação: “Super Bock Arena”. O batismo deverá acontecer entre maio e junho do próximo ano, data em que o espaço será aberto novamente ao público.

A proposta resulta de uma negociação entre Rui Moreira, presidente da Câmara do Porto, e a sociedade Círculo de Cristal, S.A. – que vai concessionar o espaço nos próximos 20 anos – e vai a votação na reunião camarária que está marcada para a próxima terça-feira.

Ou seja, a nova denominação do espaço irá incluir o nome antigo e o novo. Sendo que qualquer alteração ao acordo feito entre a empresa e a autarquia “mesmo para efeitos de exploração comercial” terá de ter um “acordo prévio do município”.

A primeira intenção da empresa seria mesmo apagar o nome da antiga maratonista do espaço, uma proposta que a Câmara “não aceitou agendar para deliberação”. “Contrariamente a um primeiro pedido”, pode ler-se na proposta citada pelo Público, “este não altera a designação formal ou corrente do equipamento, traduzindo-se apenas na adoção suplementar de branding".

O consórcio do pavilhão Rosa Mota vai permitir à autarquia receber “quatro milhões de euros” em troca da utilização do espaço durante alguns dias por mês. As obras de recuperação do espaço, que custaram ao Porto Cem Por Cento Porto oito milhões de euros, vão fazer com que o antigo pavilhão desportivo possa “receber eventos desportivos, artísticos e económicos (nomeadamente congressos) de dimensão e características que, de outra forma, inexistiriam”.