Internacional

Professor isola criança com cancro para não contagiar colegas

Pai denunciou a situação

DR  

Um rapaz de 11 anos foi obrigado pelo professor a sentar-se separado dos colegas para que não os contagiasse com cancro.

De acordo com o Southeast News, tudo aconteceu na escola primária de Liancheg, na China. Zhou, diagnosticado com um linfoma de Hodgkin, mudou de escola em setembro para ficar mais perto dos pais enquanto recuperava dos tratamentos de quimioterapia. Pouco tempo depois, contou ao pai que o professor o isolava porque os colegas diziam que o cancro era transmissível.

Através das redes sociais, o pai de Zhou denunciou a situação e contou ainda que o professor em questão impedia a criança de fazer os exames.

Zhou foi diagnosticado com cancro em 2017. Depois dos tratamentos de quimioterapia o prognóstico é favorável.

O professor, que era também subdiretor da escola, acabou por ser suspenso.