Sociedade

"Conseguimos detetar a grua, mas não conseguimos detetar nenhuma viatura"

Buscas em Borba continuam amanhã

A equipa de resgate que está a trabalhar há cinco dias em Borba ainda não conseguiu resgatar mais do que um cadáver. O comandante distrital de Operações de Socorro (CODIS) de Évora, José Ribeiro, afirmou esta sexta-feira que, apesar dos esforços, as manobras de busca no plano de água da pedreira "não permitiram ainda qualquer sinal relevante".

As autoridades confirmaram este sábado a existência de, pelo menos, mais um morto, trabalhador da pedreira, e de três pessoas desaparecidas.

"Conseguimos detetar a grua, e alguns objetos, mas não conseguimos detetar nenhuma viatura", explicou José Ribeiro.

No local estão 110 operacionais, apoiados por 52 veículos. Os trabalhos deverão continuar amanhã.