Internacional

Trump anuncia acordo para migrantes. México nega

Presidente eleito do México já negou existir qualquer acordo. Donald Trump afirmou que “os migrantes na fronteira sul não serão autorizados a entrar nos Estados Unidos até que as suas reivindicações sejam aprovadas individualmente pelo tribunal”.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou este sábado que já chegou a um entendimento com o homólogo mexicano que toma posse a 1 de dezembro para que os migrantes com destino aos EUA permaneçam no México até os tribunais americanos decidirem sobre os pedidos de asilo.

O presidente eleito do México, López Obrador veio no entanto desmentir que já tivesse fechado o acordo com os americanos.

A futura ministra mexicana do Interior, Olga Sanchez Cordero esclareceu os jornalistas de que “não houve acordo de tipo algum entre o futuro governo do México e os Estados Unidos”

Na sua conta do Twitter, Trump afirmou que “os migrantes na fronteira sul não serão autorizados a entrar nos Estados Unidos até que as suas reivindicações sejam aprovadas individualmente pelo tribunal”.

 “Nós só vamos permitir  a entrada àqueles que entram no nosso país legalmente. Fora isso, a nossa política muito forte será apanhar e prender”, acrescentou Trump dizendo, ainda que, “vão todos ficar no México. Se por algum motivo for necessário, iremos fechar a nossa fronteira a sul. Não há forma de os Estados Unidos, depois de décadas de abuso, aturarem mais esta situação dispendiosa e perigosa!”