Sociedade

Borba. Ações com mergulhadores suspensas devido a risco de novos desabamentos

Condições são “instáveis” neste momento 

Esta manhã, as operações com mergulhadores nas pedreiras de Borba foram suspensas devido ao risco de ocorrerem novos deslizamentos de terras, avançou à Lusa o coordenador da Unidade de Salvamento Aquático do Distrito de Portalegre, Simão Velez.

De acordo com o responsável, vários técnicos do Laboratório Nacional de Engenharia Civil avaliaram o local, e concluíram que as condições são “mais instáveis” e com “risco acrescido” de novos desabamentos.

"Com o risco de mais deslizamentos de terras, entendeu-se ser prudente suspender as ações com mergulhadores", disse à Lusa.