Politica

"Não estava obviamente a criticar a comunicação social”, esclarece ministra

A ministra da Cultura tem sido bastante criticada após ter dito ser “ótimo” não ver “jornais portugueses” há quatro dias

A ministra da Cultura, Graça Fonseca, tem sido alvo de polémica, devido às suas declarações durante a Feira do Livro em Guadalajara no México, durante este fim de semana.

"Uma coisa ótima de estar em Guadalajara há quatro dias é que não vejo jornais portugueses", disse Graça Fonseca, tentando evitar responder a perguntas sobre o IVA das touradas, que tem gerado polémica.

Esta segunda-feira, depois de a sua afirmação se ter tornado alvo de comentários, a ministra veio esclarecer que foi apenas uma forma de escapar a perguntas sobre as touradas e não uma maneira de criticar os órgãos de comunicação sociais portugueses.

Em declarações ao jornal Diário de Notícias, a ministra afirma que "não estava obviamente a criticar a comunicação social, mas a responder a uma pergunta sobre touradas".

“Deduzir uma crítica do recurso à ironia e do facto de não dispor ali de jornais em papel é claramente exagerado", acrescentou Graça Fonseca.

A governante está no México para participar na abertura da Feira do Livro de Guadalajara –  uma das maiores do mundo – que este ano tem Portugal como país convidado.