Internacional

Autoridades norte-americanas prendem 42 migrantes que tentavam entrar nos EUA

"Para ser franco, fizemos estas detenções, mas sabemos que há muitas pessoas que conseguiram passar a fronteira"

As autoridades norte-americanas anunciaram esta segunda-feira a detenção de quarenta e dois migrantes no lado norte-americano da fronteira com o México por tentarem forçar a sua entrada na Califórnia.

Rodney Scott, chefe da polícia fronteiriça de San Diego, citado pela CNN, referiu que 42 pessoas tentaram entrar ilegalmente nos EUA e acabaram por ser presas, no domingo.

"Para ser franco, fizemos estas detenções, mas sabemos que há muitas pessoas que conseguiram passar a fronteira", disse.

"As pessoas conseguiram desfazer secções do muro e entraram a correr", acrescentou, revelando ainda que alguns dos polícias acabaram por ser atacados enquanto tentavam impedir a entrada dos migrantes.

Através do uso de gás lacrimogéneo, a polícia conseguiu que um elevado número de migrantes recuasse.

Após este incidente, no domingo, a fronteira voltou a fechar por um período indeterminado de tempo.

Esta segunda-feira, Donald Trump ameaçou mais uma vez fechar toda a fronteira dos EUA com o México.

"O México deve tomar medidas para devolver os migrantes, muitos dos quais são verdadeiros criminosos, aos seus países de origem", disse o líder norte-americano.