Internacional

Muralha da China está em risco de desaparecer

A vegetação está a crescer e a tomar a Grande Muralha da China, colocando vários pontos em risco de desaparecerem

A Grande Muralha da China é vista até do espaço, no entanto pode estar em risco de ser consumida pela vegetação. Ervas daninhas que crescem à sua volta poderão mesmo ocultar pontos dos 21 mil quilómetros de muralha.

Desde 2005 que os trabalhos para recuperar a Grande Muralha das China – uma das Sete Maravilhas do Mundo – estão em andamento, e há muitos trabalhadores que diariamente põe a sua vida em risco para recuperar a construção.

Segundo a National Geographic, alguns trabalhadores utilizam cordas presas à volta da cintura para conseguirem chegar aos lados íngremes das paredes da muralha, sendo outro trabalhador quem agarra a corda. Uma queda daquela altura seria impossível de sobreviver.

"O trabalho consiste principalmente em assentar tijolo. Se se tiver medo, então não se pode fazer isto, mas eu sou corajoso... é muito perigoso", diz um dos trabalhadores.

O restauro está a ser feito com tal precisão que até os tijolos que foram fabricados de propósito para esta obra têm um rigor histórico para que a composição original da estrutura seja preservada tanto quanto possível.  "Temos de respeitar o formato original, o material original e o artesanato original, para melhor preservar os valores históricos e culturais", explica Cheng Yongmao, engenheiro chefe da empreitada de Jiankou.