Internacional

China. Polícia procura a "criminosa mais bonita"

As autoridades procuram Qingchen Jingjing por pertencer a um gangue que burlava pessoas em bares e casas de chá

Procurada pela polícia chinesa por pertencer a um gangue que burlava pessoas em bares e casas de chá, Qingchen Jingjing tornou-se conhecida na China quando um cartaz com o seu rosto surgiu nas ruas da cidade de Mianyang, na província de Sichuan. A razão? É considerada a mulher mais bonita de sempre procurada pela polícia. 

O rosto de Qingchen Jingjing também começou a circular das redes sociais chinesas, tornando-se viral. "O problema não é ser bonita, mas usar o seu aspeto para cometer crimes", escreveu a polícia na rede social Weibo. 

Desde que o cartaz de procurada surgiu, na terça-feira passada, dois dos sete membros do gangue já se entregaram às autoridades, segundo uma fonte próxima da investigação citada pelo "The Beijing News". As autoridades começaram a investigar o gangue depois de um cliente burlado em milhares de yuan (centenas de dólares) os ter denunciado. 

Não é a primeira vez que a foto de uma pessoa procurada pelas autoridades se torna viral por causa da sua aparência. Em 2014, Jeremy Meeks, membro do gangue Crips, da Califórnia, EUA, foi detido por posse de arma ilegal e roubo, com uma foto da detenção a ser publicada no Facebook pela polícia. Tornou-se viral e, depois de cumprir uma pena de dois anos, ficou novamente em liberdade e tornou-se modelo profissional.