Economia

Portugal é o terceiro país da UE com o gás natural mais caro

Dados do Eurostat revelam que, mesmo com uma das maiores descidas entre os Estados-membros, o preço do gás natural em Portugal continua entre os mais altos

DR  

Mesmo registando o segundo maior recuo da União Europeia no preço do gás natural para consumo no primeiro semestre do ano, Portugal continua a ter o terceiro preço mais elevado entre os Estados-membros.

Segundo dados do Eurostat, entre janeiro e junho, o custo do gás natural em Portugal é de 0,08 euros por quilowatt, o terceiro mais caro, empatado com a Holanda. A Suécia é o que lidera a lista dos países com gás natural mais caro (0,11 euros por quilowatt), seguido pela Dinamarca (0,09 euros por quilowatt).

Mesmo assim, Portugal registou uma descida dos preços de 1,8% do preço no primeiro semestre do ano em relação ao período homólogo, avança ainda o gabinete estatístico da União Europeia. A maior descida foi registada na Estónia que recuou 4,3% no preço enquanto em terceiro lugar está o Luxemburgo com -1,7%.

Por outro lado a Bulgária lidera a lista dos aumentos dos preços de gás natural, subindo 14,9%, seguida pela Lituânia (9,3%) e pela Holanda (6,8%).