Economia

Black Friday. Portugueses compram cada vez mais através do telemóvel

O KuantoKusta anunciou esta terça-feira que movimentou mais de 17 milhões de euros, entre custo por clique e vendas, de sexta-feira e domingo, a propósito da Black Friday. 

O valor foi impulsionado pelos mais de 445 mil utilizadores que visitaram a plataforma, durante esses dias. De acordo com o CEO, Paulo Pimenta, a comparar com 2017, houve um crescimento de cerca de 62%.

Em comunicado, o KuantoKusta explica que "se registou um aumento significativo - a rondar os 60% face a 2017 - das compras online através de dispositivo móvel o que reforça a tendência de que o e-commerce será cada vez mais mobile, por ser uma solução mais simples, intuitiva e rápida". 

A plataforma para comparação de preços evidencia ainda que "outra grande surpresa está no crecimento de 20% registado nos utilizadores com mais de 54 anos que acederam ao site durante a Black Friday 2018, o que vem contrariar o paradigma de que só os jovens é que fazem compras online". 

A verdade é que esta tradição norte-americana tem ganho espaço e adeptos no nosso país. Os portugueses aproveitam para comprar mais barato e é uma das semanas em que gastam mais dinheiro. 

Filas intermináveis nas lojas, episódios de agressões e caos, muito dinheiro a ser gasto e as compras online a disparar tem sido o retrato do que acontece em Portugal sempre que chega o dia dos superdescontos.