Tecnologia

DECO faz chegar a tribunal ação contra o Facebook

Associação exige indemnizações de dois mil euros a cada utilizador por uso indevido de dados. 

“Esta não é uma ação isolada da Deco. As nossas congéneres na Bélgica (Test-Achats), em Espanha (OCU) e em Itália (Altroconsumo) também entregaram ações em tribunal contra o Facebook. Em conjunto, exigimos que os consumidores controlem os seus dados, saibam para que finalidade são usados e obtenham uma parte justa do valor criado pelas empresas que os utilizam”, lê-se na nota publicada nas redes sociais.

A ação entrou em tribunal no dia 26 de novembro. A DECO reclama 220 euros por ano desde a entrada do Facebook em Portugal, em 2008.

A DECO lembra que, em março de 2018, foi tornado público que o Facebook transferiu os dados pessoais de milhões dos seus utilizadores para a empresa de consultoria e marketing Cambridge Analytica, sem consentimento dos utilizadores. Com base nessa transferência, a Cambridge Analytica recolheu dados pessoais de mais de 87 milhões de pessoas.

Entre eles, há 63 mil portugueses, é referido.