Desporto

Benfica anuncia queixa na Liga e na FPF contra FC Porto

Diretor de comunicação do Benfica revelou que os encarnados vão enviar à FPF e à Liga uma exposição com um conjunto de erros "exaustivos e evidentes" que têm favorecido o FC Porto na Liga.

 

O Benfica vai enviar à Federação Portuguesa de Futebol (FPF) e à Liga de Clubes uma exposição com um conjunto de erros de arbitragem “evidentes” que têm favorecido o FC Porto na Liga. A revelação foi feita por Luís Bernardo, diretor de comunicação do clube, em declarações à Rádio Renascença.

"O Benfica, pelos canais próprios, irá demonstrar, através de uma exposição, um conjunto de erros já identificados que, de tão exaustivos e evidentes, falarão por si só. Esperamos um critério de isenção por parte de quem manda na Federação, na Arbitragem e na Liga, para que haja uma correta análise e perceção, porque quem sofre com isto são as competições e a verdade desportiva", declarou Luís Bernardo.

Os encarnados reclamam sobretudo pela infração de Brahimi sobre Rochinha, aos 70', uma falta que, defendem, a equipa de arbitragem, liderada por Hugo Miguel, e o videoárbitro [VAR], Fábio Veríssimo, deixou passar e que resultaria numa grande penalidade a favor do Boavista. 

"Há erros que são incompreensíveis. O penálti que ficou por assinalar no Bessa é um daqueles erros que não se percebe como acontecem. Que o árbitro pudesse não ter visto na altura, dentro do campo, ainda pomos essa possibilidade, agora o VAR, com os diversos ângulos que teve oportunidade de visualizar, é impossível que não tenha visto aquilo que toda a gente viu", continuou.

"O pior que pode acontecer é uma Liga que parece que tem já faixas encomendadas para o campeão", defendeu o dirigente encarnado, que disse também que sempre que surgem castigos para o FC Porto, estes são sempre "muito reduzidos, praticamente simbólicos".