Sociedade

Acidentes rodoviários aumentaram nos primeiros 11 meses do ano. 460 pessoas morreram

A última semana de novembro apresenta-se como uma semana trágica nas estradas portuguesas

Nos primeiros 11 meses do ano foram registados 120.698 acidentes rodoviários, o que representa um aumento comparativamente com o período homólogo do ano passado. De acordo com o último relatório da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR), até 30 de novembro 460 pessoas perderam a vida nas estradas portuguesas.

O documento, citado pela agência Lusa, é referente ao período entre 1 de janeiro e 30 de novembro deste ano. No ano passado, no mesmo período de tempo, foram registados 118.290 acidentes, menos 2.408 acidentes do que este ano.

De acordo com o relatório, até 30 de novembro os acidentes rodoviários provocaram 460 vítimas mortais, sem variação, e 1.905 feridos, menos 94 do que no período homólogo de 2017.

A última semana de novembro apresenta-se como uma semana trágica nas estradas portuguesas: 14 pessoas morreram e 20 ficaram gravemente feridas.

O distrito que registou mais acidentes foi o de Lisboa (24.090), mas foi no distrito de Setúbal que se registaram mais vítimas mortais (62).

Os dados da ANSR referem-se às vítimas cujo óbito foi declarado no local do acidente ou a caminho do hospital.