Desporto

Bola de Ouro. Quem não votou em Cristiano Ronaldo?

Jogador português não entrou sequer na lista de 35 países

O jogador croata Modric, que veste a camisola do Real Madrid, conquistou, esta segunda-feira, a Bola de Ouro, vencendo o português Cristiano Ronaldo, que levou para casa o troféu nas duas edições anteriores.

Modric recebeu 753 pontos, enquanto Cristiano Ronaldo, que ficou em segundo lugar, obteve apenas 476. O português foi a primeira escolha de 22 países, mas por outro lado houve 35 nações que não escolheram sequer o seu nome para os cinco melhores jogadores do ano.

A votação é feita por jornalistas de 176 países, sendo que cada um elege os cinco atletas que foram para si os melhores da época passada, ao primeiro nome são atribuídos seis pontos, ao segundo quatro, ao terceiro três, ao quarto dois e ao quinto um.

Assim sendo, Cristiano Ronaldo não faz parte da lista dos cinco melhores para 35 países. Foram eles: África do Sul, Andorra, Eritreia, Madagáscar, Malásia, São Cristóvão e Neves, Senegal, Sérvia, Azerbaijão, Finlândia, Malta, Maurícia, Mongólia, Sudão, Bangladesh, Bolívia, Guatemala, Namíbia, Nepal, Níger, Suíça, Bulgária, Iraque, Irlanda do Norte, Usbequistão, Paquistão, Palestina, Tailândia, Togo, Turcomenistão, Japão, Turquia, Costa do Marfim, Dinamarca e Liechtenstein.

Já Burkina Faso, Camarões, Canadá, Arábia Saudita, Botswana, Cabo Verde, Eslovénia, Jamaica, Jordânia, Guiné-Bissau, Quénia, Mali, Congo, Zimbabué, Zâmbia. Singapura, Paraguai, Moçambique, Macau, Portugal, Tajiquistão e Venezuela apontaram o jogador da Juventus como a sua primeira escolha.

A escolha que tem sido partilhada como a mais estranha foi a de um jornalista de São Cristóvão e Neves, nas Caraíbas, que colocou o brasileiro Neymar no primeiro lugar, seguido de Sergio Ramos, Luis Suárez, Alisson e Aguero, sendo que nenhum destes jogadores ficou sequer na lista dos dez primeiros.