Internacional

Detido novo líder da máfia siciliana

Outros 45 membros da Cosa Nostra também foram detidos

A polícia italiana anunciou, esta terça-feira, que deteve o novo chefe da máfia siciliana, Settimino Mineo, e de várias dezenas de suspeitos, numa operação que decorreu na Sicília, em Itália.

A detenção do líder siciliano, um homem com 80 anos, e dos outros 45 membros da Cosa Nostra - sociedade criminosa secreta que se desenvolveu na primeira metade do século XIX na Sicília - aconteceu antes de estes entrarem para uma reunião da Cosa Nostra, segundo explicam as autoridades.

De acordo com a polícia italiana, os detidos são acusados de conspiração criminosa, extorsão, porte de armas e incêndios, tendo a operação resultado de quatro investigações criminais separadas.

Settimino Mineo, apelidado de “Tonton Settimo”, foi nomeado chefe da ‘cúpula’ de Palermo, ou seja, líder supremo das famílias da máfia da província de Palermo, em Itália. O homem substituiu assim Toto Riina, o antigo líder histórico de toda a máfia siciliana, que morreu em 2017 na prisão. "Este é um dos mais duros golpes infligidos pelo estado à máfia", avançou Luigi Di Maio, vice-primeiro-ministro italiano.