Economia

O PIB seria 43 mil milhões superior se Portugal crescesse como Espanha

Imposto mais baixos, sobretudo nos combustíveis, seria uma das consequências

DR  

Nos últimos dezassete anos, a economia portuguesa cresceu cerca de 7,5% enquanto o país vizinho registou uma evolução de 31,3% no mesmo período.

Segundo a Nota de Conjuntura de novembro lançada pelo Fórum da Competitividade, se a economia portuguesa crescesse como a espanhola, o PIB teria sido 43 mil milhões de euros superior ao registado atualmente, o que se refletia numa margem de 18 mil milhões de euros de receita pública adicional. Situação que “permitiria o “milagre” de conseguir três objetivos, todos eles favoráveis: um défice público menor, impostos mais baixos e aumentar o investimento público”, explica Pedro Braz Teixeira na nota de conjuntura da associação.

“Para se ter uma ideia mais palpável desta simulação (com todas as suas limitações), ela significaria que o PIB seria 43 mil milhões de euros mais elevado (238 em vez de 195 mil milhões de euros em 2017), o que, aplicando as atuais taxas de imposto, de contribuições e outras receitas correntes (42,5% do PIB), geraria 18 mil milhões de euros de receitas públicas adicionais (mais de 9% do atual PIB)”, realça. 

Além disto, o diretor do gabinete de estudos da organização afirma ainda que se o crescimento da economia “tivesse tido a qualidade do espanhol (com défices externos limitados), também não teria sido necessário pedir ajuda à “troika”, nem uma dose tão elevada de austeridade”.