Sociedade

Surto de gastroenterite afeta 27 formandos da GNR de Portalegre

"Os guardas provisórios que apresentaram esta sintomatologia estão a ser avaliados clinicamente"

Um total de 27 guardas provisórios que frequentam o 40.º Curso de Formação de Guardas, em Portalegre, apresentaram entre a noite de terça-feira e a manhã desta quarta-feira sintomas coincidentes com um quadro de gastroenterite, informa a GNR em comunicado.

"Os guardas provisórios que apresentaram esta sintomatologia estão a ser avaliados clinicamente, estando a situação a ser acompanhada por uma equipa médica da GNR, em coordenação com a autoridade de saúde pública local", lê-se.

Entre os dias 23 e 29 de outubro as aulas no centro de Formação de Portalegre da GNR já haviam estado interrompidas devido a um surto de gastroenterite que afetou cerca de 200 formandos dos 600 do mesmo curso.

Segundo a GRN, no dia 13 de novembro, os guardas provisórios do mesmo centro de formação apresentaram sintomas idênticos, mas não se registaram casos de baixa médica.

Recorde-se que foi também no Centro de Formação de Portalegre que ocorreram as alegadas agressões aos formandos do curso de ‘bastão extensível’.