Desporto

Taça da Liga. Benfica muito perto da final-four após vitória sobre o Paços de Ferreira

Encarnados são líderes do Grupo A, com mais dois pontos que o Desp. Aves, 2.º classificado e último adversário da águia antes das meias-finais

Ainda a sarar as feridas do momento conturbado que viveu nas últimas semanas, que chegaram até a colocar Rui Vitória na porta de saída, o Benfica aproveitou o regresso da Taça da Liga para dar um novo alento aos seus adeptos. Depois de terem brindado os benfiquistas com uma goleada na Luz, com o Feirense, a contar para a I Liga, ontem foi a vez da recepção ao Paços de Ferreira, em jogo da 2.ª jornada da prova. 

Contudo, vencer os castores, – que militam na II divisão, prova na qual são atualmente líderes –, estava longe de ser um resultado que pretendia apenas influenciar a parte anímica do plantel encarnado. 
Apesar de o técnico encarnado ter feito seis alterações em relação ao último encontro, Vítor Oliveira, que também admitiu que iria poupar jogadores, mudou... toda a equipa inicial.

Assim, e apesar de o treinador do clube nortenho ter garantido que ia à Luz para disputar o jogo, qualquer resultado que não fosse o triunfo caseiro, deixaria, de novo, Rui Vitória na mira dos adeptos presentes nas bancadas. Mais (e mais importante): um triunfo encarnado representaria um passo essencial rumo ao apuramento da final-four da prova.

Tudo como previsto O Benfica não demorou a confirmar a superioridade. Seferovic inaugurou o marcador aos 11 minutos e, ainda antes de fechar a primeira metade do encontro, João Félix fuzilou a baliza à guarda de Carlos Henriques. Se o resultado até podia não ser propriamente sinónimo de desastre, as estatísticas do jogo já faziam desconfiar da má prestação da equipa da capital do móvel, que saiu para os balneários sem fazer qualquer remate à baliza de Svilar.
No regresso, igual: os comandados de Rui Vitória voltaram a entrar mais fortes que o adversário e, logo nos momentos iniciais, estiveram muito perto de fazer o terceiro golo. De novo por Seferovic, com um remate de pé direito, que viu, todavia, o poste da baliza adversária negar-lhe o seu segundo golo no encontro.

Oportunidades para ampliar, de resto, a vantagem não faltaram ao clube da Luz: primeiro por Castillo, depois por Krovinovic e Gedson. 

Porém, o 2-0 acabaria mesmo por se manter inalterado até ao fim do encontro.

Com este triunfo, o Benfica salta para a liderança do Grupo A, com seis pontos, mais dois que o Desp. Aves, último adversário dos encarnados (28 de dezembro) antes das meias-finais.

Os encarnados voltam a entrar em campo este sábado, em Setúbal. O Benfica desloca-se até ao Estádio do Bonfim para medir forças com o Vitória no encontro referente à 12.ª jornada da Liga portuguesa. A águia é atualmente quarta classificada na tabela enquanto os comandados de Lito Vidigal ocupam a 7.ª posição.