Sociedade

Governo português desaconselha “deslocações não necessárias” a portugueses em Paris

MNE emite alerta devido à expectativa de um sábado violento na capital francesa

O Ministério de Negócios Estrangeiros emitiu um alerta acerca da “forte possibilidade de confrontos” em Paris, no sábado durante a ação de protestos dos coletes amarelos.

Um comunicado do MNE publicado no site do Portal das Comunidades Portuguesas sublinha que os portugueses, habitantes e viajantes, devem estar atentos às indicações e recomendações das autoridades francesas, das câmaras municipais e dos media.

No alerta pode ler-se que são de evitar as zonas dos “Campos Elísios/Arco do Triunfo, Bastilha, République, Opéra/Grands Magasins, Assembleia Nacional, Senado e Denfert-Rochereau”.

Todos estes locais foram pontos de distúrbios nas manifestações anteriores do movimento coletes amarelos.

 “A Mairie [Câmara Municipal] de Paris anunciou que vai divulgar, através de redes sociais e dos vários painéis informativos espalhados pela cidade, informação sobre zonas a evitar”, é também referido no comunicado.

Sublinhe-se que os monumentos mais icónicos da capital francesa, assim como muitas lojas e restaurantes estarão encerrados no sábado, como medida preventiva para os confrontos violentos que poderão ocorrer no sábado.

Este será já o quarto sábado de manifestações marcadas pelos coletes amarelos, um movimento que nasceu como uma forma de protesto contra o aumento do imposto sobre os combustíveis.

Na terça-feira passada, o governo voltou atrás, desistindo da subida, mas a suspensão não foi suficiente para acabar com os protestos dos coletes amarelos, que estão agora empenhados em exigir várias reformas laborais e sociais.