Sociedade

Homem suspeito de tráfico de pessoas detido

Detenção ocorreu no âmbito de uma investigação da PJ sobre tráfico de pessoas no Alentejo

A Polícia Judiciária (PJ) deteve um homem de 40 anos por suspeitas de tráfico de pessoas. Em causa está uma investigação da PJ no Alentejo, por indícios de atividade ligada à angariação de mão de obra no Leste da Europa.

O homem foi submetido ao primeiro interrogatório no Tribunal de Cuba, no distrito de Beja, mas saiu em liberdade. Como medida de coação, está obrigado a apresentar-se duas vezes por semana às autoridades.

Segundo a PJ, os indícios apontam que a mão de obra angariada era vítima de exploração laboral. Homens e mulheres respondiam a anúncios de emprego para a agricultura online e, chegados a Portugal, "ficavam privados de documentação de identificação e de remuneração, sofriam ameaças e viviam em condições desumanas de habitabilidade", sendo sujeitoss "alimentação deficiente".

Durante a investigação, a PJ apreendeu documentação e constituiu uma mulher estrangeira e uma pessoa coletiva como arguidos.