Cultura

Kendrick Lamar, Drake e as mulheres dominam nomeados para os Grammy

Nas quatro categorias principais, nomeados cresceram para oito para facilitar a diversificação.

Kendrick domina as nomeações com oito, entre as quais as de Melhor Álbum pela banda sonora de "Black Panther", e Melhor Canção com "All The Stars", um dueto com SZA. Segue-se Drake com sete, incluíndo a de Álbum do Ano para "Scorpion", categoria para a qual também está nomeado o álbum de Cardi B, "Invasion of Privacy", a mulher que mais nomeações recolhe.

Além destes três, estão nomeados para a categoria mais importante Brandi Carlile, com “By the way, I forgive you”, H.E.R., com “H.E.R.”, Post Malone, com “Beerbongs & Bentleys”, Janelle Monáe, com “Dirty Computer” e Kacey Musgraves, com “Golden Hour”. Além de "All The Stars", podem ficar com a estatueta de Melhor Canção "Boo’d Up" (Ella Mai), “God’s Plan” (Drake), “In my Blood” (Shawn Mendes), “The Joke” (Brandi Carlile), “The Middle” (Zedd, Maren Morris e Grey), “Shallow” (Lady Gaga e Bradley Cooper) e “This is America” (Childish Gambino).

No rock e no rap, dominam os homens enquanto as mulheres reinam no r&b e na pop. O número de nomeados cresceu para oito nas quatro principais categorias: Álbum do Ano, Canção do Ano, Gravação do Ano e Revelação. 

A cerimónia decorre a 10 de fevereiro em Los Angeles.