Internacional

Le Pen quer "respostas fortes de Macron"

Presidente da União Nacional reage ao que se está a passar em França


A presidente da União Nacional, Marine Le Pen, exigiu este sábado ao presidente francês “respostas fortes” ao “sofrimento social” vivido pelos coletes amarelos, que hoje voltaram a encher as ruas de França.

"É preciso que [Mácron] tome consciência do sofrimento social e lhe dê respostas fortes e imediatas", afirmou Le Pen, à margem de um encontro sobre o Pacto Global para a migração, em Bruxelas.

"Apelo uma vez mais ao Presidente da República para ter em conta o sofrimento que é manifestado e dar-lhe uma resposta", acrescentou.

Recorde-se que cerca de 31 mil coletes amarelos encheram este sábado as ruas francesas. Segundo os últimos dados avançados pela imprensa francesa, quase 1000 pessoas foram identificadas, 724 detidas e 30 ficaram feridas – destas, três são polícias.