Economia

Energia. Mota-Engil investe 121 milhões no México

Esta deverá estar operacional em junho do próximo ano e irá alcançar uma produção de 33 MW. A segunda fase irá arrancar em outubro  e a terceira em março de 2020, permitindo uma capacidade total de 100 MW.

A Mota-Engil, através da Generadora Fénix, uma parceria no México com o Sindicato Mexicano de Electricistas, vai investir 121 milhões de euros na primeira fase de produção de uma central elétrica.

Esta deverá estar operacional em junho do próximo ano e irá alcançar uma produção de 33 MW. A segunda fase irá arrancar em outubro  e a terceira em março de 2020, permitindo uma capacidade total de 100 MW.

Em novembro deste ano, a empresa portuguesa anunciou que tinha iniciado, através da Generadora Fénix, o fornecimento de eletricidade para a iluminação pública de toda a Cidade do México, que originará uma faturação de cerca de 31 milhões de euros em 2019.

O fornecimento de eletricidade far-se-á durante um período de 12 horas, referiu a Mota-Engil em comunicado, lembrando que vai abranger cerca de 18 milhões de habitantes por um período de 20 anos.