Round2_SOL

Municípios gastaram mais 64,4 milhões de euros com Cultura em 2017

No ano passado, as Câmaras Municipais gastaram cerca de 450 milhões de euros em atividades culturais

O cenário está a mudar para o mundo da cultura. São boas notícias para os que viram no ano passado o número de espetáculos e atividades culturais aumentar. As câmaras municipais gastaram cerca de 450 milhões de euros em atividades culturais, um aumento de 64,4 milhões em relação ao ano de 2016. 

Segundo revelou o Instituo Nacional de Estatística (INE) esta quarta-feira, o aumento das despesas totais foi causado pelo também aumento do financiamento na área das artes do espetáculo (30,7%), artes visuais (22,7%), património cultural (19,4%) e atividades interdisciplinares (12,4%). 

Apesar deste aumento em 2017, as despesas com Cultura representam apenas 5,6% no orçamento da generalidade das câmaras municipais.

Quanto ao Património Cultural, os dados do INE revelam que os municípios tiveram mais 15,3 milhões de euros para despesas relativas com museus, monumentos, centros históricos e sítios protegidos. Para as bibliotecas arquivos foram atribuídos 70,6 milhões de euros, mais 4,2 milhões do que em 2016.