Internacional

Cardeal George Pell condenado por abuso sexual de menores na Austrália

Na última quarta-feira, o Vaticano anunciou o afastamento de George Pell do círculo de conselheiros do Papa Francisco

O cardeal George Pell, que na última quarta-feira foi afastado do círculo de conselheiros do Papa Francisco, foi esta quinta-feira condenado por abuso sexual de menores em Melbourne, na Austrália.

Sgeundo o jornal National Catholic Reporter, a decisão foi unânime por parte dos doze membros do júri e o cardeal, de 77 anos, deverá apresentar recurso.

Em causa estão duas acusações de abuso sexual de menores.

De acordo com a EFE, uma das vítimas já morreu, enquanto outra testemunhou em tribunal por videoconferência.

Na Austrália, a comunicação social queixou-se de “censura”, uma vez que por ordem judicial foi proibido reportar quaisquer contornos do julgamento.